A frieza dos números

Luiz Maia

Vez ou outra escuto algumas autoridades a falar de estatísticas, ao se reportarem a uma possível redução da miséria ou dos crimes. Veja a frieza dos números dando o tom ao noticiário: "Tivemos uma redução de 5,6% no número de mortes neste último feriado". Ou então "a miséria diminuiu cerca de 1,9 % neste último semestre" - afirma um desses iluminados. Ouvindo assim até parece que está tudo bem. Ninguém morreu, a pobreza acabou. Enfim, tudo vai bem, obrigado! O cidadão passa a ser um número e fica tudo em paz. Palavras mágicas que são usadas para tentar remover os obstáculos, suavizando os caminhos da notícia que precisa ser dita de alguma forma à população.

O homem um dia descobriu o poder da mentira. E o fato de fazer uso dela levou-o ao deslumbramento. Descobriu que só assim, mentindo, poderia alcançar facilmente outra dimensão, que a tudo simplificava e que nenhum sonho era demasiado impossível. Estamos todos fartos dessas palavras. Principalmente quando revestidas de insensibilidade e deprezo pela pessoa humana. Palavras que não correspondem à verdade dos fatos. Expressões que têm sido usadas freqüentemente pelas pessoas para enganar, para alcançar ilicitamente resultados que têm por finalidade dar uma satisfação à sociedade. É triste ver o homem sendo encarado dessa maneira.

  ooo

Conversa de fim-de-semana Página Principal