Pedras

Luiz Maia

Creio que todo aquele que se confessa ateu, ou agnóstico, salvo melhor juízo, é no íntimo uma pessoa que sente 'vergonha' de declarar o poder e a grandiosidade de Deus. É claro que o Altíssimo é o Criador de tudo que existe nesse mundo, embora muitos prefiram atribuir a grandeza desta vida à inércia do tempo. Intimamente ateus e agnósticos crêem firmemente num Ser superior, só não declarando isso por serem portadores de extremada timidez, ou por superestimarem a si próprios. Perdão aos possíveis ateus, mas Deus existe e Ele tem sobre Si o destino da humanidade. Na vida existem algumas 'pedras' que devemos retirar urgentemente do nosso caminho. A descrença num Deus misericordioso, o ateísmo confesso na vida das pessoas, são imensas 'pedras' que inibem o nosso crescimento interior, verdadeiros obstáculos que atrasam a nossa caminhada.

É difícil imaginar uma pessoa que tenha passado por momentos difíceis, que tenha escapado de situações vexatórias que possa apresentar indiferença a mudanças no seu modo de encarar a vida. Aquele que está familiarizado com esses instantes limites de imediato muda de comportamento e passa a valorizar muito mais cada segundo dos dias que se seguem. Aquela rotina insuportável de antes terá um fim, dando vez agora a descobertas nunca imaginadas. É justo nessas horas que o homem busca a Deus. A pessoa que passou por traumas dificilmente verá superada essa fase sem clamar pela ajuda do Pai Celestial. Se num dado momento alguém vacilou em retirar a 'pedra' que havia no seu caminho, então já é hora de tentar retirá-la e agradecer a Deus pela ventura da vida.

  ooo

Conversa de fim-de-semana Página Principal