Superação

Luiz Maia

Hoje eu soube de você através de uma amiga. Ela falou-me de sua luta para conseguir um emprego, de sua festa de aniversário adiada por questões financeiras e de sua incansável alegria de viver. Falou-me de seus sonhos, de sua eventual ira (coisa rara em você, segundo soube) e do seu sorriso meigo quando fala de amores desfeitos e dos que estão por vir. Disse-me, principalmente, que apesar da dureza da vida você encontra sempre razões para se sentir feliz. Maravilha de sentimento! Que pessoa bonita é você...  Soube também de sua firme vontade em querer conhecer-me, já que gostaria de trocar comigo experiências de vida. Foi pelo olhar generoso que você tem da vida que resolvi expressar meu respeito às pessoas que sabem sublimar os obstáculos que se interpõem à sua frente e de certa forma buscam na esperança superar tais problemas. Eu não a conheço mas gostaria que você me desse o prazer de conhecê-la um dia. 

Sua maneira de ser merece uma palavra sobre o conceito de felicidade que cada um carrega dentro de si. Um dia conheci no Rio de Janeiro um rapaz que fora se tratar num centro de reabilitação física. Bahia é sua terra natal. Um mergulho num rio o deixou tetraplégico para o resto da vida, passando a viver numa cadeira de rodas com muitas limitações. Seu nome é Luís, e nessa clínica ele se demorou por quase três anos. Um dia ele teve de retornar à sua cidade e não demorou muito para nos escrever. Entre as notícias recebidas uma chamou-me atenção: dizia ele que agora havia encontrado a felicidade, pois estava tendo a chance de tomar seu banho embaixo do chuveiro, diferente dos banhos que tomava deitado numa cama de hospital. Em outras palavras, ele passou três anos tentando se recuperar de um trauma, conseguindo em parte, só vindo a descobrir a felicidade ao tomar banho de corpo inteiro, livre como um passarinho...

Diante disso percebo a importância de se enxergar com nitidez a condição humana, que é feita de realização e de frustração, de alegria e de dor, de sonho e realidade. Somos seres de sabedoria, afeitos a superações. O desafio dessa vida consiste em fazer prevalecer o lado bom sobre o ruim, embora ambos coexistam normalmente. Ao homem cabe responder às intempéries com sabedoria, pois é imprescindível aprender a sorrir mesmo estando dentro de um contexto aparentemente desfavorável. Selecionei esse tema para mostrar a importância de sabermos tirar proveito da vida, até nos momentos mais difíceis.

  ooo

Conversa de fim-de-semana Página Principal