"Um mesmo acontecimento, para uma pessoa é motivo de insatisfação e, para outra, de contentamento.

Se a família não nos acompanha nas boas atividades a que estamos nos dedicando, podemos sentir queixas ou então nos alegrar considerando o fato de termos conhecido o caminho da luz antes dos familiares.

Quem vê sempre o lado iluminado se desenvolve e quem vê o lado escuro, cairá no mundo da treva."

"O motivo é o mesmo, mas um se alegra enquanto o outro se queixa.

Aqui está o ponto onde o caminho da vida se bifurca.

Quando terminou a Segunda Guerra Mundial, algumas pessoas que tiveram suas casas destruídas pelo fogo mudaram de atividade profissional porque não puderam mais continuar no ramo de negócios anterior e foram bem-sucedidas.

Outras, fracassaram.

Não se define a nossa vida pelo fato de sermos ou não surpreendidos por problemas difíceis, mas sim pelo modo como os enfrentamos.

Não existe vida sem problemas.

Por mais sucesso e prosperidade que tenha a pessoa, sua vida é uma seqüência de problemas.

A pessoa que for resolvendo os problemas com otimismo terá suceso e prosperidade.

A fundadora da seita Tenri disse: "Mesmo que todos os caminhos estejam fechados, o céu está aberto".

Soube disso através d'A Verdade da Vida e, todas as vezes em que me defrontava com um problema difícil e sentia que estava num beco sem saída, lembrava-me de que "o céu está aberto". Assim vim resolvendo os problemas com a forte crença de que sempre encontrarei a solução.

Ficamos desanimados e acabamos desistindo de lutar para solucionar um problema quando olhamos apenas o lado negativo da questão.

Devemos acreditar que, indubitavelmente, existe uma solução e ter ânimo para procurarmos o lado positivo da questão.

Assim, observando o problema com a mente positivista, descobriremos novos fatos antes despercebidos, teremos esperanças e descobriremos uma solução maravilhosa."

do livro A prosperidade está na mente - Katsumi Tokuhisa

 

Ir para página principal Voltar "C" Voltar autor Ir para Autores

1