"Há algo nos seres humanos que não se encontra nas máquinas, surgido há milhões de anos no processo evolutivo quando emergiram os mamíferos, dentro de cuja espécie nos inscrevemos:

o sentimento, a capacidade de emocionar-se, de envolver-se, de afetar e de sentir-se afetado.

Um computador e um robô não têm condições de cuidar do meio ambiente, de chorar sobre as desgraças dos outros e de rejubilar-se com a alegria do amigo.

Um computador não tem coração.

Só nós humanos podemos sentar-nos à mesa com o amigo frustrado, colocar-lhe a mão no ombro, tomar com ele um copo de cerveja e trazer-lhe consolação e esperança.

Construímos o mundo a partir de laços afetivos.

Esses laços tornam as pessoas e as situações preciosas, portadoras de valor.

Preocupamo-nos com elas.

Tomamos tempo para dedicar-nos a elas.

Sentimos responsabilidade pelo laço que cresceu entre nós e os outros.

A categoria cuidado recolhe todo esse modo de ser.

Mostra como funcionamos enquanto seres humanos."

Leonardo Boff, do livro Saber Cuidar

Ir para página principal Voltar "C" Voltar autor Ir para Autores

1