"Não há maior prova de maturidade do que conseguirmos levar a vida conscientes das incertezas que nos cercam.

Na maioria das vezes as pessoas conseguem viver graças à alienação e à negação.

Quando são, no entanto, sacudidas por eventos traumáticos, colocam em cheque a própria razão de viver e a justiça inerente à realidade.

Estar desperto para as incertezas à nossa volta sem entrar em pânico ou tornar-se paranóico é o próprio ato de crescer.

É esta a maturidade que fez com que os que nos antecederam tenham partido deste mundo sem nos deixar um legado e uma cultura pessimista."

Nilton Bonder, do livro Exercícios D'Alma

Ir para página principal Voltar "M" Voltar autor Ir para Autores

1