"Quando o poder de indignar-se calar em meu peito,

estarei morrendo e já nem será preciso mais viver."

 Luiz Maia

Pensamentos Página Principal