Mansidão

Luiz Maia

Bondosa e mansa é a sua alma.

Mansa como um cordeiro tem sido sua postura diante da vida, diante de um mundo tão confuso e conturbado.

Mansidão que desperta ciúmes àqueles que fazem de suas vidas um eterno burburinho.

Mansidão que enerva a quem tem pressa.

Mansidão que é só calma mas que chega sempre primeiro.

Manso é o seu jeito de amar e me dizer "te amo".

Manso é o seu coração... coração de quem espera.

 ooo

Poesias Página Principal