Sentimentos adomercidos

Luiz Maia

É manhã cedo e logo me vejo rodeado pelos mimos teus. Ouço palavras que saem de teu coração, desejos que ficarão, quem sabe, perdidos pelos caminhos, escondidos que estão na imensidão de tu'alma.

Encontro, nos carinhos que recebo, vestígios nostálgicos

acordando sentimentos adormecidos.

 

 

Ouço-te como a clamar, pela boca fechada,

por Deus, por misericórdia, não me deixes sozinha no meio de tantos.

 

Mais cruel que a distância é o tempo que se esvai,

as esperanças que fraquejam, o  medo que toma conta de nós

quando avistamos a proximidade de mais um instante limite.

 

E logo começamos a pensar naquilo que poderia ser, o que se deixou

de fazer pelas impossibilidades que regem nossas vidas.

Lembramos do abraço mal dado, do choro apertado, fruto de mais uma despedida. Do beijo roubado que, quando dado com sabor de saudade,

é sinal de que o amor existe e que jamais será esquecido.



ooo

Poesias

Página Principal