Brigar com Deus

Luiz Maia

Hoje estou triste porque quase briguei com Deus. Vi na televisão uma reportagem que falava de pessoas que estão morrendo de fome, todas entregues à própria sorte, em alguns países do Continente africano. De repente me vi culpando a Deus por não interceder a favor daquelas pessoas, sem perceber a bobagem que fazia.

Lembro-me agora da resposta de Anne Graham, filha de Billy Graham, quando lhe perguntaram "por que Deus não intervira na catástrofe de 11 de setembro de 2001, em Nova Iorque", quando disse:

"Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco?"

A resposta dela serve-nos de resposta à minha angústia, como de reflexão para posterior discussão.

Mas é certo que o homem há muito tempo vem se afastando de Deus, assumindo assim sua insignificante auto-suficiência, seguindo seu caminho sem honrar o reconhecimento pelo nosso Pai, o Criador de tudo que há neste mundo.

Ame-se mais. Ame ao próximo sem acanhamentos.

Continue acreditado que o sonho é possível.

Deus é por você. Hoje e sempre!

  ooo

Reflexões Página Principal