Quando se ama

Luiz Maia

Quem ama vê o mundo com outros olhos.

Passa a ver colorido onde antes tudo era opaco e sem brilho.

Quando a pessoa sente que está amando muda até de comportamento.

Logo a generosidade passa a fazer parte de seus planos.

Seu possível egoísmo desaparece e dá lugar a atitudes das mais solidárias.

O amor tem o poder transformador e da cura de alguns males.

Quem ama é feliz e faz a felicidade de outros também.

Não é a toa que as pessoas vivem a apregoar que o amor é a mola do mundo.

Claro que essa premissa é valiosa e se enquandra perfeitamente no espírito de quem ama e de quem é amado.

Quem ama vira bobo sem sentir e não tem vergonha de ser chamado de tolo.

Isso porque suas ações, ao invés de serem classificadas de ridículas, bem que poderiam servir para nortear o modo de vida da humanidade.

  ooo

Reflexões Página Principal