Tolerância mil...

Luiz Maia

Ao sermos mais tolerantes, contribuiremos para tornarmos amenas as relações interpessoais.

Percebamos como as pessoas mais tolerantes são livres e sóbrias.

Aprendamos com elas a não termos pressa, ódio ou rancores.

Ser tolerante é desprender-se de sentimentos menores, como o "olho por olho, dente por dente", e demonstrar sabedoria.

É certo que o estresse nos envolve, mas não deve ser causa para perdermos o ritmo e rumo das coisas.

A tolerância não implica em submissão ou conivência.

Antes é uma forma de amor aprimorado pela paciência, que enxerga além das aparências.

Aprendamos, então, a praticarmos a tolerância com o equilíbrio necessário para a harmonia em nossa vida.

  ooo

Reflexões Página Principal