Sem Limites para Amar

"Escrever é colocar a alma na ponta dos dedos e dizer bem alto que a vida é bela e que existir é algo maravilhoso. Divino até."

 

Luiz Maia – apresentação do livro. Recife, 2001

 

"Chamo-me Luiz Maia. Moro no Recife. Paraplégico desde os meus 26 anos (estou com 54 agora). Após me aposentar, resolvi enveredar pelos caminhos da literatura. Escrevi dois livros. 1º) Veredas De Uma Vida, já esgotado. 2º) Sem Lmites Para Amar -que já tenho em mãos, tendo saído agora da Editora. São 41 crônicas inéditas. Uma verdadeira viagem pelos caminhos do sentimento."

Neste pequeno livro, grande o seu conteúdo. Prepare-se o leitor para emoções e reflexões profundas. Com muita propriedade, o autor percorre fatos de sua vida, e como numa conversa de varanda ao entardecer, transporta-nos às mais belas lições que seu olhar nos traduziu...

Não bastando o exemplo de sua experiência pessoal, que torna-o rico e expressivo, envereda por questões sociais atuais, de urgente abordagem, com muita sensibilidade e carisma no escrever...

Nota-se que não se acanha ao reverenciar uma Força Maior a nos guiar. Fala do AMOR, o amor à companheira, mas também o amor à família, ao semelhante, ao cidadão, e a Deus.

Fala da Solidariedade e da Simplicidade. E convida a sonhar, quando diz: "O sonho nos ajuda na construção de um mundo melhor..."

Recomenda-se uma, e outra e outras leituras do mesmo...

Cada um há de encontrar-se em frases lá contidas, e ao findar a leitura, trazer consigo a sensação de que o mundo é um lugar de encontros e aprendizes, sobretudo, de esperanças e lutas...>>

Parabéns ao amigo e poeta da vida,

Vera

vera1@terra.com.br

Meus Livros Página Principal